No documento “Orientações de vigilância epidemiológica da Covid-19 relacionada ao trabalho”, o Ministério da Saúde define os critérios para identificar os casos de infecção pelo novo coronavírus (Sars-Cov-2) em que os pacientes foram contaminados no ambiente de trabalho.

 

Segundo o órgão, a investigação deve verificar se o paciente contaminado teve contato com outras pessoas (usuários, clientes ou colaboradores) com Covid-19 no local de trabalho ou se sofreu exposição às condições propícias para contaminação.

 

Também devem ser checados possíveis contatos e contaminações no trajeto de casa para o trabalho e vice-versa, mas sem histórico de caso confirmado em domicílio ou em contato comunitário.

 

O Ministério da Saúde afirma que essas situações devem ser informadas na Ficha de Notificação de Acidente de Trabalho do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan), mesmo não se tratando tipicamente de um acidente de trabalho.

 

Em caso de óbito, a ficha deve ser completada com as informações descritas na declaração de óbito da vítima.

 

O documento completo, com todas as orientações, está disponível no link: bit.ly/3ikTHDS

 

(Fonte: Fehoesg)

Categorias: Notícias

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *